Página principal

From Usos

A MADEIRA E SEUS USOS - Em construção

Um trabalho de Julio Eustáquio de Melo e José Arlete Alves Camargos

Welcome - The Uses of Wood
O espaço que qualquer um pode contribuir.
5 artigos em Português


Conteúdo

Sobre esse trabalho - About this work

A MADEIRA E SEUS USOS

The Uses of Wood

Objetivo

Este trabalho sugere usos específicos para diversas espécies de madeiras da Amazônia, por intermédio da análise teórica de suas propriedades, obtidas em consultas a bibliografia especializada, procurando compatibilizar tais propriedades com as condições de exposição e solicitação.

Objective

This paper suggests specific uses for several species of wood from the Amazon, through theoretical analysis of their properties, after research on specialized literature, aiming to fit such properties with the exposure conditions and request.

Resumo

A classificação em usos finais de espécies desconhecidas ou pouco conhecidas no mercado é feita por meio da otimização da relação entre as condições de exposição e a análise de todas as propriedades de caracterização disponíveis, necessárias para que a madeira se comporte de forma eficiente no que se refere aos aspectos de segurança, economia e durabilidade. A inexistência de metodologias de classificação em usos finais específicos se deve às dificuldades em se estabelecer limites quantitativos para os valores numéricos das propriedades de caracterização e também para se determinar critérios de avaliação do maior ou menor peso dessas propriedades em um uso específico. Utilizando as propriedades disponíveis de 224 espécies de madeiras tropicais brasileiras (www.ibama.gov.br/lpf/madeira), foi feito o agrupamento das espécies por tipo de grã, de textura e de cor, por classes de massa específica, de contração volumétrica e de razão de contração e por valor do módulo de elasticidade. Para 30 usos específicos, foram definidas as propriedades adequadas para as condições de exposição, equações de correlação linear simples e múltipla entre tais características, para estimar as espécies com maior potencial para uso e, finalmente, a listagem das espécies em ordem crescente de prioridade para cada utilização proposta.

Abstract

The classification of final utilizations of unknown or almost unknown species on the market is done by optimizing the fitting between exposure conditions and the analysis of all available characterization properties that are necessary to ensure that timber will behave efficiently concerning to safety, economy and durability aspects. The lack of classification methodologies on specific end-uses is due the difficulty to establish quantitative limits for the numeric values of characterization properties and also to establish evaluation criteria for greater or lesser weight of such properties in a certain use. Using the properties available for 224 species of Brazilian tropical woods (www.ibama.gov.br/lpf/madeira), the grouping of species by type of gran, texture, and color, for specific mass classes, volumetric shrinkage and contraction ratio and by value of the modulus of elasticity was performed. Regardind to 30 specific uses, were defined appropriate properties for exposure conditions, simple and multiple linear correlation equations between those properties, to estimate species with greatest potential for use, and finally, the listing of species in order of increasing priority for each use.

Como localizar

Considerando as necessidades ou disponibilidade de dados do usuário, a pesquisa sobre as espécies de madeira e seus usos adequados pode ser feita, através do seu nome comum, do seu nome científico e do uso específico sugerido. Clicando em “nome comum” ou em “nome científico” serão mostrados os caracteres gerais da espécie, bem como a lista de usos indicados. Clicando em “usos selecionados” será mostrada a lista de espécies com potencial para aquele uso. Os links “Massa específica básica”, “Contração volumétrica”, “Cor do cerne”, “Grã”, “textura” e “Modulo de elasticidade”, vão fornecer as listas de espécies agrupadas para cada umas destas propriedades. O Link “Propriedades” faz uma descrição de todas as propriedades consideradas na classificação em usos finais. O Link “Metodologia” descreve todo o procedimento e considerações utilizados para o estabelecimento dos usos adequados para cada uma das espécies utilizadas na classificação em usos finais.

Oferta e procura de madeiras

Uma das finalidades da caracterização de espécies desconhecidas ou pouco conhecidas é colocar a disposição da sociedade e da indústria de base florestal, novas opções de espécies de madeira com potencial de utilização comparável ou superior aquelas já largamente comercializadas. A contribuição para o manejo sustentável da floresta amazônica é a possibilidade de diversificação da exploração, diminuindo a pressão sobre as espécies tradicionalmente encontradas no mercado nacional e internacional. Portanto, a maioria as espécies de madeira apresentadas neste trabalho não estão disponíveis no comercio. A procura destas espécies pelo consumidor tende a estimular o fornecedor a viabilizar sua exploração e comercialização.

Você pode contribuir

Os usos indicados neste trabalho foram selecionados considerando sua maior utilização com o material madeira. Se você utiliza ou sabe quem utiliza alguma madeira que não foi encontrada aqui, ou algum uso que não foi aqui citado, mande sua contribuição para os endereços alej@unb.br e/ou jose.camargos@florestal.gov.br

Quem patrocina

Esse portal é uma iniciativa do:

Mario Rabelo de Souza com apoio da Fundaço de Tecnologia Florestal e Geoprocessamento

SHCN/CL 316 Bloco B Loja 51. CEP 70.775-520, Brasília-DF

Fone/Fax: (61) 3447 6326

www.mundoflorestal.com.br

funtecdf@gmail.com


Trabalho realizado por:

JULIO EUSTÁQUIO DE MELO, PhD.

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília

alej@unb.br

JOSE ARLETE ALVES CAMARGOS, MSc.

Laboratório de Produtos Florestais/ Serviço Florestal Brasileiro/Ministério de Meio Ambiente

jose.camargos@florestal.gov.br


Com agradecimentos a:


Mário Rabelo de Souza

Analista Ambiental, Físico, Ph.D.,

Engenharia e Física da Madeira – LPF

pelo reconhecimento e colaboração

mario.souza@florestal.gov.br


Quem programa esse Wiki:

Mário Rabelo de Souza

Analista Ambiental, Físico, Ph.D.,

Engenharia e Física da Madeira – LPF

mario.souza@florestal.gov.br

Ferramentas pessoais